Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

HISTÓRIA DE CARMOPOLIS - PARTE 4


HISTÓRIA DE CARMOPOLIS - PARA O CONCURSO


 Sou mais Carmopolis     Rui Acciole




FESTAS E EVENTOS


16 DE OUTUBRO - EMANCIPAÇÃO POLITICA DE CARMÓPOLIS

16 DE JULHO - FESTA DE NOSSA SENHORA DO CARMO (PADROEIRA DO MUNICÍPIO)

15 DIAS ANTES DO CARNAVAL - CARMOFOLIA

1 DE JANEIRO - FESTA DE BOM JESUS DOS NAVEGANTES (AGUADA)

24 DE JUNHO - SÃO JOÃO (AGUADA) - Batalhão de Bacamarteiros

29 DE JUNHO - SÃO PEDRO - Batalhão de Bacamarteiros

SABÁDO DE ALELUIA - FESTA DO SAMBA DE ABOIO

ÚLTIMA SEXTA FEIRA DO MÊS - SEXTA DA CULTURA



BACAMARTEIROS

É o principal grupo e foi fundado no Povoado Aguada, ainda na época da escravidão, por volta de 1780 nos engenhos de cana-de-açúcar. Os negros se mobilizavam para a brincar samba de roda e atirar com bacamarte, arma artesanal fabricada pelos próprios negros. Todos os instrumentos musicais(pandeiro, ganzá,reco-reco e onça), bacamartes e a pólvora são fabricados pelo próprio grupo. Para a confecção dos instrumentos musicais é usada a madeira do jenipapeiro, árvore frutífera da região, couro de animais e sementes. Na fabricação da pólvora são utilizados o carvão (feito da umbaúba), cachaça e enxofre. Durante o mês de junho, os componentes se reúnem para o ritual do Pisa Pólvora.O grupo tem, atualmente, 60 componentes entre homens, mulheres e crianças. Essa manifestação é passada de pai para filho. Tem componente que tem em torno de 80 anos e o mais novo tem 7 anos. Sua dança e musica são inconfundíveis e por onde passam, contagiam a todos. Desfilam nas ruas durante os dias 24 no povoado e no dia 29 na sede do município visitando as residências de pessoas tradicionais, onde consegue agrupar centenas de pessoas que cantam e dançam suas musicas. O tradicional tiro de bacamarte é a atração. Já se apresentaram e se apresentam em cidades de vários estados do Brasil.



 

PARQUE DA MANGUEIRA


Quem chega a Carmópolis tem a disposição uma grande área verde para viver horas inesquecíveis de puro lazer.

O Parque da Mangueira oferece uma completa infra-estrutura, incluindo restaurantes, barzinhos, churrasqueiras, quiosques, quadras de esporte, campo de futebol de areia, praça, área de camping e em meio a tudo isso que você pode aproveitar o caminho natural existente no parque e fazer uma fascinante caminhada de 1.300 metros entre mangueiras, dendezeiros, cajazeiras, mulungus, palmeiras e várias outras arvores, muitas delas seculares. Pode também apreciar os riachos que nascem no meio da mata e formam duas piscinas. No parque você sente a plenitude da natureza, e toda a sua beleza

PRÓXIMO Nº  05
____________________
FONTE :  Sou mais Carmopolis     Rui Acciole

13 comentários:

  1. é belissimo..esse lugar..fiz minha monografia sobre o turismo religioso..e tive a honra de apreciar a natureza deste lugar belissimo com um linda imagem e vista para o horizonte....um lugar abençoado por Nossa Senhora do Carmo!!
    iran azevedo(turismologo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iran Azevedo! Meu nome é Wellington sou acadêmico do Curso de Turismo da UFS e observei aqui em seu comentário que você fez uma monografia sobre Turismo Religioso em Carmópolis, o qual estou fazendo uma pesquisa sobre o assunto e se fosse possível gostaria saber se você poderia me ajudar nesta pesquisa. Abraço e aguardo resposta.

      Excluir
  2. lindo adorei coisa de Deus essa cidade!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo material publicado, saiba que mim ajudou muito. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo trabalho. Além de conhecer um pouco mais a nossa cultura, ainda pode nos ajudar em uma prova do concurso público.

    Abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
  5. GOSTARIA DE FICAR POR DENTRO DE TODOS OS CONCURSOS EM SERGIPE,DICAS DE HOTEIS E POUSADAS.PRETENDO MORAR EM ARACAJU.AMO ESSA CIDADE

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo maravilhoso trabalho.Nós turistas ficamos com mais vontade de conhecer a cultura local dessa maravilhosa cidade. Gostaria de receber noticias da cidade de Aracaju pois, tenho vontade de morar nesse maravilhoso lugar! obrigada.

    ResponderExcluir
  7. mto booooooooooooooooooom ! NUnca fui a carmopólis mais pretendo ir ;* _l_

    ResponderExcluir
  8. Construiu-se um teleférico aqui em Carmópolis ao monte Carmelo e por fim não se pôs em prática a sua utilização, uma coisa q custou dinheiro q não foi do prefeito e nem dos vereadores e sim, dinheiro público e o público é uma verdadeira 'maré mansa' q não reage a esse tipo de coisa. Eu sozinho reagir é despejar 1 litro d´,água numa lagoa. O nível da lagoa não vai subir, não, nem coim 50 litros, tem q ser o povão porque o teleférico não foi caida do céu e nem do espaço sideral, foi daqui da terra mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Adorei, mas queria saber também a culinária para um trabalho!!!

    ResponderExcluir
  10. Gostaria de saber se sua pessoa possui material do município de Japoatã -SE.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo seu Site,só tá faltando inclui as Usinas que foram destaque na época cito. Usina Varzea Grande pertecente a familia Pedro Ribeiro.Aliás os Ribeiros eram temidos qualquer empregado se por ventura fizesse uma arruaça na cidade chegando alcançar a cerca de arrame farpado a policia não podia nem colocar o pé do outro lado que pertence a Usina.Foi que aconteceu o o vaqueiro Zé Miranda o delegado tomou o facão ai deu no que deu.delegado foi assassinado em seguida a Usina foi invadida por vários policias,onde houve um quebra quebra,acrroças abondonadas,casa de farinha pegando fôgo moradores abondonados suas casas etc.Antônio Vitório hoje ainda vive em Carmópolis beirando um século de vida.Já a Usina Santa Barbara fica entre Rosário do Catete e Carmópolis. abraço Geraldo Vitório Alves

    ResponderExcluir