Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 11 de março de 2011

HISTÓRIA POLÍTICA DE ROSÁRIO DO CATETE - 175 ANOS

ROSÁRIO DO CATETE, 175 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

 
LEANDRO MAYNARD MACIEL



Prof. Adailton Andrade





Leandro Maynard Maciel, filho do Bacharel e político Leandro Ribeiro de Siqueira Maciel , nasceu em Rosário do Catete -Sergipe no dia 8 de dezembro de 1897. Começou eus estudos em Rosário seguindo depois para Salvador. Na Bahia, graduando-se Engenheiro Civil segue para a Paraíba e, posteriormente, retorna a Sergipe exercendo sua profissão e assinando várias obras importantes no Estado. Exerceu vários Cargos Públicos, tais como: Diretor de Obras Públicas, Diretor da Energipe (serviço de Luz e Força), Presidente do IAA (Instituto do álcool e Açúcar), Fiscal do Serviço de Águas e Esgotos de Aracaju. Na política foi eleito a vários mandatos como Deputado Federal ( 1930 a 1930), Deputado Federal (1933 a 1935), Senador ( 1935 a 1937, 1967 a 1975) , Deputado Federal (1946 a
1951) e Governador (1955 a 1960).


Com a redemocratização de 1933/1934 ajudou a criar um partido político, o Partido Social Democrático (PSD). O período inaugurado com a queda do Estado Novo marcou um dos "ciclos de redemocratização" na política brasileira. A dinâmica da disputa partidária e os padrões de comportamento eleitoral no período são aspectos estudados em detalhe pela Ciência Política no Brasil. No referido período, apesar da instabilidade do "sistema político" brasileiro, verifica-se a diversificação social e ideológica da "elite política", com o ingresso de agentes oriundos de segmentos sociais distintos e a redefinição dos repertórios de mobilização acionados por ocupantes de cargos eletivos. No entanto, pouca atenção tem sido dada para as transformações na composição da "elite política", suas origens sociais, a diversificação das bases sociais de recrutamento e as conseqüências na reconfiguração do espaço político no país (MICELI, 1981).

Anos mais tarde em 1945 Leandro Maynard Maciel funda a União Democrática Nacional (UDN ). Fato que demonstra o prestígio político e o poder econômico da tradição de família. A análise que segue centra-se, então, nos processos de reconversão, reprodução, ascensão e afirmação de
agentes e "famílias de políticos" ao longo do século XX.
Deste modo, o período que Leandro Maciel exerceu seu mandado ficou conhecido como “O Leandrismo” marcando a política de Sergipe. Esses comportamentos eleitorais do período são aspectos estudados em detalhe pela Ciência Política no Brasil. No referido período, apesar da instabilidade do "sistema político" brasileiro, verifica-se a diversificação social e ideológica da "elite política", com o ingresso de agentes provenientes de segmentos sociais distintos e a redefinição dos repertórios de mobilização acionados por ocupantes de cargos eletivos. No entanto, pouca atenção tem sido dada para as transformações na composição da "elite política", suas origens ociais, a diversificação das bases sociais de recrutamento e as conseqüências na reconfiguração do espaço político no País.


 Leandro Maciel soube lidar com as rivalidades entre os principais partidos, na campanha eleitoral para o governo do Estado, que na época foi dividido em dois blocos políticos: um liderado pela UDN (destacando- se alguns interiores como Lagarto, Tobias Barreto, Riachão, Itabaiana, Simão Dias, laranjeiras) e o outro bloco formado e liderado pelo PSD e o PR, coligação que estava no governo a oito anos, os udenistas apelidados de boca bretã e os PSD e PR de rabo branco.




A década de 50 foi uma das mais marcantes na Política dominante em Sergipe, pois tinha a União Democrática Nacional (UDN), liderada em Sergipe, pelo Senhor Leandro Maynard Maciel. Deste modo, procedente de uma família tradicional de liderança e poder no Cenário político sergipano,
soube manter a tradição da família nos domínios do campo político, sabendo conduzir sua força política no Estado de Sergipe.


_______________________

Autor:
Licenciado em História, pós-graduado em Ensino  Superior em História. Pós Graduando em Sociedade e Cultura Sergipana, aluno  especial de mestrado em Ciências Sociais da Universidade Federal de Sergipe.  Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe.Membro na qualidade de pesquisador dos Grupos de Estudo e Pesquisa da UFS: Estudo do Tempo Presente /  UFS. Grupo de Estudos e Pesquisas em História das Mulheres (UFS / CNPq).GEMPS -  Grupo de Estudos e Pesquisas em Memória e Patrimônio Sergipano. Professor da
rede particular e Pública de ensino. Contato : adailton.andrade@bol.com.br
adailton_andrade@hotmail.com