Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 18 de março de 2011

HISTÓRIA DE ROSÁRIO - PARTE 02


Filhos Ilustres de Rosário do Catete:
Governadores :
Augusto Maynard Gomes -   nasceu no engenho Campo Redondo, de propriedade de seu pai e
localizado no município de Rosário do Catete (SE), em 16 de fevereiro de 1886, filho de Manuel Gomes da Cunha e de Teresa Maynard Gomes.  O jovem sergipano não fugiu á tendência belicosa dos rapazes do seu tempo e mal acabava  de completar  dezesseis anos de idade, seguiu  para o rio de  aneiro, onde assentou praça no 20º BC, aquartelado no Realengo, afim de ingressar na escola Militar, objetivo que alcançou um ano depois (1903). Mas o cadete dealista e impetuoso não queria percorrer a senda militar pela comodidade burocrática, curtindo o ócio do sedentarismo ou conquistando galões premiados de uma passividade acomodatícia.
 Luiz Garcia  -  filho de Antonio Garcia Sobrinho e de Antonia Garcias , nasceu em Rosário do Catete em 14 de outubro de 1910. Seu pai, alternando atividades comerciais com a de funcionário público, encaminhou os filhos para os estudos, enquanto dava o exemplo político do engajamento, como quando apoiou o movimento tenentista de Augusto Maynard Gomes. Família grande – Luiz, Robério, Antonio, Carlos, José – para citar apenas os homens que saíram de Rosário do Catete e se tornaram advogados, médico, engenheiro -, apenas Robério Garcia não teve formação superior, sacrificando-se, por opção pessoal, para ajudar a que os irmãos obtivessem o grau nas profissões que escolheram.
Leandro Maynard  Maciel Leandro Maynard Maciel, filho do Bacharel  e político Leandro Ribeiro de Siqueira Maciel , nasceu em Rosário do Catete -Sergipe no dia 8 de dezembro de 1897. Começou seus estudos em Rosário seguindo depois para Salvador. Na Bahia, graduando-se Engenheiro Civil  segue para a Paraíba e, posteriormente, retorna a Sergipe exercendo sua profissão e assinando várias obras importantes no Estado.   Exerceu vários Cargos Públicos, tais como: Diretor de Obras Públicas,  Diretor da Energipe (serviço de Luz e Força), Presidente do IAA (Instituto do álcool e Açúcar),    Fiscal do Serviço de Águas e Esgotos de Aracaju. Na política foi eleito a vários  mandatos como Deputado Federal ( 1930 a 1930), Deputado Federal  (1933 a 1935), Senador  ( 1935 a 1937, 1967 a 1975)  Deputado Federal (1946 a 1951) e  Governador  (1955 a 1960).  
 Edelzio Vieira de Melo   Nascido em Rosário do Catete, no Engenho Catete Velho, viveu parte da infância em Maroim, em companhia dos pais, o desembargador José Sotero Vieira de Melo e Arminda Barreto de Melo, seguiu para o Rio de Janeiro, para estudar na Escola Militar. Do Rio veio para Salvador, ainda como militar, optando por fazer o curso médico na velha e tradicional Faculdade de Medicina da Bahia, colando grau em 1936. Vice governador eleito em 1950,  Edelzio Vieira de Melo foi proclamado e diplomado vice governador. Quis assumir, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral, mas o Palácio bateu-lhe as portas. Seguro de suas idéias, destemido nos seus propósitos, formou um grupo cívico e foi ao Palácio, sem sucesso, deu meia volta e foi assumir o Governo na Assembléia Legislativa, permanecendo como chefe do Poder Executivo de 17 de fevereiro e 12 de março de 1951 . Atendendo a apelos dos amigos e correligionários foi candidato a deputado federal, em 1962, na memorável campanha que levou Seixas Dória, dissidente da UDN, a ser eleito governador de Sergipe. Edelzio Vieira de Melo perdeu a eleição por poucos votos. Falou-se em fraude, em violação de urnas, bem ao sabor daquele tempo. O coração não resistiu, a frustração dos últimos resultados eleitorais pesou mais forte e ele morreu, no auge da maturidade, deixando um exemplo singular para a vida pública sergipana. Casado com Mary Barreto, filha de Ariovaldo Barreto, usineiro da capela, pai de cinco filhos – Sérgio, Geraldo, Gilza, Arminda e Silvia – que levam adiante, com as novas gerações, as tradições da família e o legado exemplar de Edelzio Vieira de Melo.

4 comentários:

  1. Ola Adailton, gostaria de saber quando Augusto Maynard Gomes, foi nomeado Interventor de Sergipe na decada de 40. que ele botou para ser o prefeito de Gararu, pois eu sou de Gararu e gostaria de saber isso. desde já muito obrigado

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo Blog!
    Está ajudando bastante na preparação para o concurso.

    ResponderExcluir
  3. eu e minha amiga aline calazans adoramos, mais acho que é muito pouco a historia já que nós gostamos de ler e de historia queremos mais pois temo sede de conhecimentos!

    ResponderExcluir
  4. Edelzio Vieira De Melo Ameii saber da sua viida eu estudei nah escola José Sotero Vieira De Melo

    ResponderExcluir