Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

HISTÓRIA DE SERGIPE PARA CONCURSO

MATERIAL PARA O CONCURSO DA SEED 2012






HISTÓRIA, GEOGRAFIA E CULTURA DE SERGIPE

                      Prof. Adailton

Dados Gerais
O nome Sergipe, originário do tupi si’ri ü pe, quer dizer "no rio dos siris", tendo sido mais tarde adotado Cirizipe ou Cerigipe, que significa "ferrão de siri", nome de um dos cinco caciques que se opuseram ao domínio português.
        Embora seja o menor do Brasil, o Estado apresenta a melhor renda per capita do nordeste e a décima sétima entre os 27 Estados brasileiros e detém o título de Estado nordestino com melhor nível de desenvolvimento humano, conferido pela Organização das Nações Unidas (ONU), e o prêmio Criança e Paz, da UNICEF, em reconhecimento à redução em 32% do índice de mortalidade infantil.
Seus 75 Municípios estão divididos em 13 microrregiões, a de Aracaju, a do Sertão do São Francisco, a de Propriá, a de Nossa Senhora das Dores, a do Agreste de Itabaiana, a do Cotinguiba, a do Agreste do Lagarto, a de Tobias Barreto, a do Boquim, a de Estância, a do Baixo do Cotinguiba, a de Japaratuba e a de Carira.
Localização
Leste da Região Nordeste
Sigla
SE
Área
22.050,3 km²
Limites
Alagoas (N),  Oceano Atlântico (L), Bahia (S e O)
Relevo 
Planície litorânea e planalto 
Vegetação
Mangues, floresta tropical e caatinga 
População
1.784.475 habitantes (2000)
Habitante
Sergipano
Densidade populacional
80,92 hab/km²
Municípios
75
Analfabetismo
33,29%
Rios principais
São Francisco, Vaza Barris, Sergipe, Japaratuba, Real e Piauí
Clima
Tropical
Capital
Aracaju
Temperatura média anual
23 e 24ºC
Chuvas
Outono e inverno
Hora local ( relação à Brasília)
A mesma
Cidades mais populosas
Aracaju, Lagarto, Itabaiana e Estância
Atrações
Aracaju, São Cristovão, Laranjeiras e Estância




sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

HOSPITAL DE ROSÁRIO DO CATETE

HISTÓRIA DO HOSPITAL DE ROSÁRIO DO CATETE

*Adailton Andrade


O Hospital de Rosário do Catete foi inaugurado na década de 1930, mas sua primeira fundação que se chamava Casa de Caridade ou Associação Rosa Vieira de Melo foi criada em 6 de janeiro de 1874  através das idéias do  Padre Luiz da Rocha Villar um homem de coração bom que dedicou sua vida em favor das pessoas pobres de Rosário do Catete, alem de padre, cuidava das chagas da alma, também cuida do corpo, servindo seus prestes como enfermeiro, médico pratico, professor e amigo, manteve em sua casa uma pequena farmácia para atender as pessoas carentes que ali os procuravam. Sonhou com uma obra inda maior e este sonhou foi se realizando com a criação da associação que com o apoio de amigos concretizou.


Jornal de Maruim como manchete principal a inauguração do Hospital de Rosário do Catete
em 17 de agosto de 1930


MANOEL CABRAL MACHADO - O INTELECTUAL DE ROSÁRIO

Manoel Cabral Machado

Manuel Cabral Machado, um dos maiores expoentes da cultura e intelectualidade sergipana, faleceu no início da noite de ontem, dia 13, aos 92 anos no Hospital São Lucas. Seu corpo está sendo velado na Osaf, na rua Itaporanga, centro, de onde deverá ser levado para sepultamento na cidade de Capela, cidade onde o acadêmico foi criado.
Manuel Cabral formou-se em Direito e foi responsável pela fundação de quatro faculdades no Estado – Ciências Econômicas, Direito, Filosofia e Serviço Social – na Universidade Federal de Sergipe, onde chegou a se tornar professor emérito. Dono de uma mente brilhante, escreveu diversos ensaios, poesias e artigos sobre a sociedade sergipana, tendo sido um dos mais atuantes intelectuais do Estado. Mesmo com idade avançada, atuava como colaborador de jornais na capital. Machado era membro da Academia Sergipana de Letras e da Academia Brasileira de Ciências Sociais.


HISTÓRIA DE SERGIPE PARA CONCURSO

MATERIAL PARA O CONCURSO DA SEED 2012

HISTÓRIA DE SERGIPE PARA O CONCURSO DA SEED

CONCURSO PARA PROFESSOR DO ESTADO - SEED 2012

MATERIAL SOBRE HISTÓRIA DE SERGIPE PARA O CONCURSO.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

ELITE POLÍTICA EM ROSÁRIO DO CATETE-SE: UMA ANÁLISE DA TRAJETÓRIA DE LEANDRO MAYNARD MACIEL (1930 – 1975)

 Adailton dos Santos Andrade

RESUMO

  O presente texto objetiva analisar a formação e o estabelecimento de Leandro Maynard Maciel dentro de uma abordagem das elites no cenário político estadual e problematizar a importância do capital social articulado pelos políticos, as condições e as dinâmicas de utilização de competências na militância. O recorte temporal vai da década de 1930 a 1975. 0s procedimentos metodológicos resultam em análise de textos do módulo de Sociologia da Política, bem como de livros consultados nas bibliotecas da UFS e IHGS.  Tem sua relevância principal na busca de avaliar a sociedade a partir da observação do conceito de elite quanto a parentela, a riqueza, poder político e o capital social.

Palavras-Chave: Elite Política – Leandro Maynard Maciel – década de 1930 a 1975.



Abstract

This paper aims to analyze the formation and establishment of  Leandro Maynard Maciel within an approach of state elites in the political scene and question the importance of social capital articulated by political conditions and the dynamic use of skills in militancy. The time frame runs from the decade 1930 to 1975. 0s methodological procedures result in text analysis module Sociology of  Politics, as well as books found in libraries across the UFS and IHGS. Has its main relevance in seeking to evaluate the company based on the observation of the concept of elite as the kindred, the wealth, political power and social capital.


Keywords: Elite Politics - Leandro Maynard Maciel - the decade from 1930 to 1975.